segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

HOMENAGEM AO DIA DO PASTOR PRESBITERIANO




Gostaria de fazer uma singela homenagem até onde posso com minhas palavras neste dia tão especial. Temos o costume nas festas de fim de ano fazer a famosa troca de presentes entre familiares e amigos. Chamamos de “amigo oculto”, pois, antes de entregar o presente, estigamos os participantes a tentar adivinhar quem será o sortudo da vez. Porém agora o sortudo pela primeira vez nesta brincadeira não é quem recebe, mas quem está a escrever esta singela homenagem a esta pessoa tão especial.

Meu amigo oculto é... Na verdade, nem tão oculto assim! É talvez a pessoa mais conhecida em nosso meio. “Meio” esse que nem sempre se conhecem todos, mas todos conhecem este amigo. E não diga antes do tempo que isso seja um privilégio. Ele é sempre julgado como responsável de tudo que acontece de ruim. Quase sempre mal compreendido e desqualificado como um amigo, companheiro e parceiro das horas difíceis.

Meu amigo oculto é... No meu caso sempre parceiro das horas difíceis e presente nas melhores horas. Tem uma visão diferenciada de mundo, e gostaria de ver as coisas diferente de como elas são. Enxergo ele como um apaixonado pelo conhecimento e apesar dos protestos, nos aniversários e datas especiais sempre dá um livro de presente.

Meu amigo oculto é... Ele diz as vezes que tem a cara feia, e em parte concordo, mas quando se tem a oportunidade de conversar e se conhecer melhor sempre se surpreende com a beleza de suas atitudes.

Meu amigo oculto é...  Uma das pessoas que ajudaram a crer que existe Deus. É fácil dizer que Ele existe, o difícil é demonstrá-lo, percebo Deus na vida de meu amigo oculto.

Meu amigo oculto é... Bom, acho que já deu para adivinhar de quem estou falando. Talvez não tenha o presente que meu amigo merece, nem quero dar um livro como ele gosta de dar pois tem uma biblioteca particular inteira para ler. Chegou a hora de dar meu presente, e cada vez mais tenho plena convicção que nesta oportunidade, quem recebe mais uma vez o presente sou eu mesmo que é sua amizade! Me permita retirar para um abraço o título de pastor ou de reverendo pois admiro muito seu trabalho e por isso esta homenagem de sua igreja, mas ainda queria dizer que:

Meu amigo oculto é...  o nada oculto Silvio Ribeiro Fernandes.


DE: PEDRO FERNANDES – EM NOME DA 1º IGREJA CRISTÃ PRESBITERIANA DE CIDADE OCIDENTAL